sábado, 7 de octubre de 2017

Liberdade de expressão e politicamente correto

Liberdade de expressão e politicamente correto
"Antes de Elvis, não havia nada". Com tal frase um dos maiores músicos deu início a nossa era...
Era na qual estabelecer comparações, analisar grandes contextos e fazer sínteses perderia sentido. Apenas o presente imediato é capaz de falar sobre si próprio, hoje em dia. Como se os homens de nosso tempo vissem apenas uma série de coisas-em-si desligadas umas das outras e cada uma da própria história.
Convenhamos, em um passado muito recente éramos extremamente reprimidos quanto a nossa linguagem. Até hoje em Portugal você não vê a palavra "câncer" citada em um jornal. Sempre evitávamos dizer que algum homem (ou mulher) tinha um namorado (ou namorada), sempre usamos eufemismos quando eramos obrigados a mencionar alguma relação.
Hoje muito se questiona o chamado politicamente correto por algum autoritarismo em querer censurar a linguagem. Porém, sempre fomos autoritários. O politicamente correto, se serve para algo, é para respeitarmos alguns limites, numa época em que todas as amarras do passado foram sendo superadas.
Nunca ouve uma época em que estivemos mais livres, talvez por isso uma etiqueta para a liberdade nos soe autoritária.

No hay comentarios:

Publicar un comentario